N9


Uma cidade para alemães católicos: formação e evolução urbana de Itapiranga (SC)

Suélen Cristina Mazzardo, Luiz Eduardo Fontoura Teixeira

Resumen


O presente artigo reflete sobre o processo de evolução urbana de Itapiranga, um pequeno município da região extremo oeste do estado de Santa Catarina, cuja colonização foi impulsionada pela atuação de uma associação jesuíta que pretendia formar uma colônia étnica e confessional para descendentes de alemães católicos. Partindo da hipótese de que Itapiranga segue características peculiares de implantação das cidades criadas por alemães e seus descendentes no Brasil, a pesquisa buscou analisar o processo de ocupação territorial, crescimento e desenvolvimento urbano a fim de identificar os condicionantes e os fatores que influenciaram sua implantação, compreendendo como ocorreram as formas de apropriação do ambiente natural e de constituição dos espaços urbanos. Por meio de pesquisa bibliográfica e documental, fotografias, cartografias e informações sobre a história local e regional, foi possível identificar elementos que compõe a estrutura urbana e os processos de evolução e transformação de Itapiranga ao longo de sua história.