N9


A trajetória do canteiro de obra nas intervenções habitacionais do século XX

Heloisa Nunes e Silva

Resumen


Este estudo auxilia no entendimento da trajetória evolutiva do espaço do canteiro de obras à luz das intervenções habitacionais em cidades do século XX, fomentando à pesquisa sobre a cultura de projeto do espaço do canteiro de obras. Realizou-se uma pesquisa documental comparativa entre projetos de habitação selecionados pelo seu caráter de relevância do contexto de projeto da edificação e em distintos períodos urbanos de cidade, possibilitando contextualizar seus reflexos sobre a organização espacial do canteiro de obras. Construíram-se, a partir disso, seis panoramas da evolução espacial do canteiro de obras, estruturado por critérios de instruções normativas, organização espacial, relações de vizinhança, impactos urbanos e identidade social do homem. A espacialização do canteiro de obras foi moldada à
medida das transformações no modo de organizar as habitações nas cidades, inclusive sob o aspecto organizacional da cadeia produtiva da construção civil, e da forma de adaptar-se às necessidades do homem-operário.