URBANISMO DE PLATAFORMA: Uma investigação sobre interfaces de ambientes relacionais nas cidades contemporâneas [PLATFORM URBANISM An investigation on interfaces for relational environments in contemporary cities]

Rafael Goffinet de Almeida, Fabio Lopes de Souza Santos

Resumen


O artigo propõe uma investigação crítica sobre como a emergência da “sociedade de plataforma”, comumente discutida em relação às redes sociais da internet, caracteriza também uma nova vertente de produção de espaços urbanos enquanto interfaces para ambientes relacionais. Tendo no horizonte o urbanismo hibrido praticado pelo coletivo A Batata Precisa de Você, no histórico Largo da Batata, em São Paulo, discute-se a extensão para a cidade dos processos que canalizam e moldam a experiência social através de sistemas globais de comunicação e informação. Para tanto, uma análise de matriz genealógica percorre representações socioespaciais provenientes de contextos históricos distintos para revelar certo desenvolvimento discursivo do que estamos chamando de “urbanismo de plataforma”: a ênfase sobre processos sociais ou relacionais; a formação de saberes e poderes que relacionam desenvolvimento tecnológico a relações produtivas e políticas; e a emergência de ambientes onde tais relações sistêmicas são efetivadas.

Palavras-chave: participação, plataformização, biopolítica, espacialidades contemporâneas.

Linha de Investigação: 3:   Dinâmicas Urbanas. Tópico: Urbanismo insurgente e coletivos urbanos.

 

ABSTRACT

The article proposes a critical investigation on how the emergence of the "platform society", commonly discussed in relation to social networks, also characterizes a new strand of production of urban spaces as interfaces for relational environments. Having on the horizon the hybrid urbanism practiced by the collective A Batata Precisa de Você, in the historical Largo da Batata, in São Paulo, we discuss the extension to the city of the processes that channel and shape the social experience through global communication and information systems. To this end, a genealogical matrix analysis runs through socio-spatial representations coming from different historical contexts to reveal a certain discursive development of what we are calling "platform urbanism": the emphasis on social or relational processes; the formation of knowledge and powers that relate technological development to productive and political relations; and the emergence of environments where such systemic relations are effective.

Keywords: participation, plataformization, biopolitics, contemporary spatialities

Research line: 3:  Urban Dinamics. Topic: Insurgent urbanism and urban collectives




DOI: http://dx.doi.org/10.5821/siiu.10017