TERRITÓRIOS DAS INSURGÊNCIAS E DOS AFETOS Cidade, cultura e vida cotidiana [INSURGENCIES AND AFFECT TERRITORIES City, culture and daily life]

Volia Regina Costa Kato, Lizete Maria Rubano, Maria Isabel Villac, Juliana Gilardino

Resumen


O tema envolve relações complexas e intrinsecamente constituintes entre a vida cotidiana como expressão de cultura e a cidade como lócus do viver. A complexidade desta relação coloca em pauta a relevância da urbanização como processo irreversível e crescente no mundo. Ao mesmo tempo, evidencia a multiplicidade de expressões de cultura presentes nas ações, comportamentos e valores e, portanto, nas práticas ordinárias que atravessam as cadências do cotidiano. Essas podem ser vistas nas formas instituídas ou inusitadas de apropriação da cidade como maneiras de singularizações da vida social e produção de outras territorializações. As insurgências urbanas que emergiram com destaque em 2013 no Brasil, ao lado de múltiplas ações de coletivos artísticos, tornam o território, ao mesmo tempo, arena de conflitos e de relações de afeto e de identidades. O artigo pretende apontar um caminho interpretativo a estes duplos movimentos que atravessam o cotidiano e exemplos de investigações em curso.

Palavras-chave: insurgências, vida cotidiana, cultura, cidade.

Linha de investigação: Dinâmicas Urbanas.

Tópico: Urbanismo insurgente e coletivos urbanos.

 

ABSTRACT

The topic involves complex and intrinsically relationships between daily life as an expression of culture and the city as the locus of living. The complexity of this relationship highlights the relevance of urbanization as an irreversible and growing process in the world. At the same time, it highlights the multiplicity of expressions of culture present in actions, behaviors and values and, therefore, in ordinary practices that cross the daily cadences. These can be seen in the instituted or unusual forms of appropriation of the city as ways of singularizing social life and producing other territorializations. The urban insurgencies that emerged prominently in 2013 in Brazil alongside multiple actions by artistic collectives, make the territory, at the same time, an arena of conflicts and relationships of affection and identities. The article intends to point an interpretative path to these double movements that cross the daily life and examples of current investigations.

Keywords: insurgencies, daily life, culture, city.

Research line: Urban Dynamics.

Topic: Insurgent urbanism and urban collectives.




DOI: http://dx.doi.org/10.5821/siiu.10124