PROTAGONISMO FEMININO NOS MOVIMENTOS POR MORADIA Condições coloniais e possíveis rupturas [FEMALE PROTAGONISM IN MOVIMENTS FOR HOUSINGColonial conditions and possible ruptures]

Marina C. de Souza

Resumen


O presente artigo faz parte do escopo de uma dissertação de mestrado em andamento, que se concentra em compreender o papel do protagonismo feminino nos movimentos por moradia. O presente artigo pretende problematizar a perpetuação e rigidez dos moldes coloniais/modernos, que dificultam ou bloqueiam a percepção de que atores sociais marcados por subalternidade seriam capazes de pensar e elaborar cidades. Desse modo, o artigo questiona a tida docilidade do corpo marcado pela vulnerabilidade de gênero e etnia, tal movimento é realizado a partir da análise de trechos de entrevistas realizadas com três mulheres que atuam em movimentos por moradia na região metropolitana da Grande Vitória, Brasil.

Palavras-chave: movimentos por moradia, protagonismo feminino, produção do espaço.

Linha de Investigação: 3:   Dinâmicas Urbanas

Tópico: gênero e cidade

 

 

ABSTRACT
This article is part of an ongoing master's dissertation, which focuses on understanding the role of female protagonism in movements for housing. This article aims to problematize the perpetuation and rigidity of colonial / modern molds, which hinder or block the perception that social actors marked by subordination would be able to think and elaborate cities. Thus, the article questions the docility of the body marked by the vulnerability of gender and ethnicity, such movement is realized through the analysis of excerpts from interviews conducted with three women, member of movements for housing in the metropolitan region of Grande Vitória, Brazil.

Keywords: movements for housing, female protagonism, space production.

Research line: 3: Urban Dinamics

Topic: gender and city




DOI: http://dx.doi.org/10.5821/siiu.10184