Cidades caminháveis: as influências do espaço urbano na caminhabilidade

Jéssica Gomes de Lucena

Resumen


O automóvel particular, anteriormente tido como símbolo da mobilidade é hoje visto como vilão da mobilidade. Ao buscar soluções para a crise da mobilidade é pertinente incentivar os modais ativos e o transporte público. Para avançar na mudança de paradigma, partindo da cidade carrocrata em direção à cidade caminhável, é oportuno estudar os fatores que interferem nos deslocamentos pedonais. Esta pesquisa compreende como objetivo geral identificar as relações de influência do espaço urbano nos deslocamentos pedonais, e faz parte de projeto de mestrado, de mesmo título e tema, em estado inicial. As variáveis utilizadas para investigar as influências na caminhabilidade foram definidas a partir da revisão bibliográfica. O estudo realizado no bairro da Torre, na cidade de João Pessoa – PB, contará com a participação de pedestres, além da avaliação técnica. Ao final, a hipótese, de que os espaços de transição entre o público e o privado possuem maior influência nos deslocamentos pedonais que a própria estrutura viária, será refutada ou confirmada.



DOI: http://dx.doi.org/10.5821/siiu.9095