HABITAÇÃO, CIDADE E MODOS DE MORAR. A transformação do padrão COHAB a partir da iniciativa dos usuários [HOUSING, CITY AND WAYS OF LIVING. The transformation of the COHAB pattern after the users’ initiative]

Liziane de Oliveira Jorge, Nirce Saffer Medvedovski, Gustavo Benedetti Santiano

Resumen


O presente trabalho investiga o processo de transformação do Conjunto Habitacional Lindóia, localizado no município de Pelotas/RS, com ênfase nas estratégias de crescimento e adaptação das unidades residenciais populares planejadas através de intervenções de seus moradores. Expoente representativo da política habitacional do país orientada para a população de baixa renda, o Conjunto de cunho modernista consolidou um grande complexo residencial de casas em fita sobrepostas nos moldes da habitação mínima, abrigando famílias de arranjos plurais em unidades tipificadas. A investigação das transformações foi orientada à luz de técnicas de Avaliação Pós-Ocupação, com trabalho de campo, interlocução com moradores e registro gráfico completo das etapas de intervenção em unidades transformadas. O trabalho identifica, a partir da documentação das unidades, as estratégias construtivas empregadas e a relação destas com as necessidades e anseios dos distintos grupos familiares. Sinaliza a necessidade de acompanhamento profissional ou assessoria técnica para impulsionar a qualidade da habitação.

Palavras-chave: habitação, Avaliação Pós-Ocupação, COHAB, habitação evolutiva

Linha de Investigação: 1. Cidade e projeto

Tópico: Habitação e projeto residencial

 

ABSTRACT

The present work researches the transformation process of the Lindoia Housing Complex (COHAB Lindoia), located in the city of Pelotas/RS, Brazil, with emphasis on the growing and adaptation strategies of the social interesting residential unities planned through intervention of their residents. Representative exponent of the country’s housing politics oriented for the low-income population, the Complex, of modernist nature, consolidated a big housing complex of superimposed row houses on the molds of minimum dwelling, sheltering families of plural arrangements in typified unities. The investigation of the transformations was oriented in light of Post-Occupancy Evaluation techniques, with field work, interlocution with residents, and complete graphic record of the intervention phases in transformed unities. The work identifies, from the documentation of the unities, the constructive strategies used and the relation of those with the necessities and yearnings of the distinct family groups. The article signals the need for professional or technical support to promote housing quality.

Keywords: housing, Post-Occupancy Evaluation, COHAB, evolutive housing

Research line: 1. City and project

Topic: housing and housing project




DOI: http://dx.doi.org/10.5821/siiu.9739