MAPUTO: DISCUSSÕES SOBRE PROJETO URBANO E ESPAÇO PÚBLICO [MAPUTO: DISCUSSIONS ABOUT URBAN PROJECT AND PUBLIC SPACE]

Murad Jorge Mussi Vaz, Cila Fernanda da Silva, Daiane Bertoli

Resumen


Como compreender o processo de urbanização, nos mais variados contextos, a partir da relação intrínseca entre práticas socioespaciais, projeto urbano e espaço público? Uma resposta vem sendo delineada a partir de uma pesquisa desenvolvida na capital moçambicana, cujo objeto são os espaços públicos em sua pluralidade. Através de uma abordagem decolonial e de uma metodologia exploratória, objetiva-se demonstrar como o pensar sobre a cidade, bem como a consequente prática projetual, precisa ampliar referenciais, teorias e métodos, rumo a uma contextualização e a um reconhecimento das particularidades de cada território. A pluralidade de espaços apropriados para a vida em público e as diferentes formas de vivência nesse espaço têm demonstrado, em Maputo, que novos referenciais, mais vinculados às dimensões do local, são necessários para a formação de um pensamento urbano condizente com as especificidades do chamado Sul global.

Palavras-chave: espaço público, urbanização, decolonialidade, Maputo.

Linha de investigação: Cidade e Projeto.

Tópico: História urbana e história do urbanismo.

 

 

ABSTRACT

How to understand the urbanization process, in the most varied contexts, from the intrinsic relationship between socio-spatial practices, urban project and public space? An answer is being outlined from a research developed in the Mozambican capital, whose object of research is public spaces in their plurality.  Through a decolonial approach and an exploratory methodology, the aim is to demonstrate how thinking about the city, as well as the consequent project practice, needs to broaden references, theories and methods, towards a contextualization and recognition of the particularities of each place. The plurality of appropriate spaces for life in public and the different forms of living in this space have demonstrated in Maputo that new references, more linked to the dimensions of the place, are necessary for the formation of an urban thinking consistent with the specificities of the so-called global South.

Keywords: public space, urbanization, decoloniality, Maputo.

Research line: City and Project.

Topic: Urban history and history of urbanism.




DOI: http://dx.doi.org/10.5821/siiu.9799