RESSIGNIFICANDO OS ESPAÇOS LIVRES Um Diagnóstico da Comunidade do Gengibre em Fortaleza-CE [Meaning free paces A diagnosis of the Ginger Community in Fortaleza-CE]

Lizandra Santos Magalhães, Clarisse Costa Silva, Vítor Domício de Meneses

Resumen


O presente artigo foi estruturado, inicialmente, por meio de análise geral sobre assentamentos precários, suas problemáticas, densidade populacional, tendo como questão principal os espaços públicos. O estudo abrange os problemas urbanos nas áreas de risco, como falta de infraestrutura, informalidade das habitações, espaços livres, assim como a influência na qualidade de vida da população. Houve a elaboração do diagnóstico da comunidade de Gengibre em Fortaleza-CE, apresentando o local, ações realizadas e questionamentos de pesquisa e, em seguida, as considerações finais sobre a coleta de dados e conclusão sobre o trabalho.

Palavras-chave: comunidade, favela, Gengibre, espaços públicos.

Linha de investigação: Cidade e projeto.

Tópico: Estudos metropolitanos e territoriais.

 

ABSTRACT

This article was initially structured through a general analysis of precarious settlements, their problems, population density, with public spaces as the main issue. The study covers urban problems in areas at risk, such as lack of infrastructure, informal housing, free spaces, as well as the influence on the population's quality of life. The diagnosis of the Ginger community in Fortaleza-CE was elaborated, presenting the location, actions carried out and research questions and, then, the final considerations on data collection and conclusion on the work.

Keywords: community, slum, Ginger, public spaces.

Research line: City and project.

Topic: Metropolitan and territorial studies.




DOI: http://dx.doi.org/10.5821/siiu.9804