DESEMPENHO MORFOLÓGICO DA CIDADE UNIVERSITÁRIA PROF. JOSÉ DA SILVEIRA NETTO (UFPA) Forma, Controle e Acesso [MORPHOLOGICAL PERFORMANCE OF THE CAMPUS UNIVERSITY OF THE PARÁ FEDERAL UNIVERSITY Form, control and access]

Kamila Diniz Oliveira, Marta Gonçalves Tavares da Silva, Alberto Patrick Cassiano Lima, José Júlio Ferreira Lima

Resumen


A construção da Cidade Universitária Prof. José da Silveira Netto, campus sede da Universidade Federal do Pará, foi estratégica para integração das faculdades que existiam dispersas. Seu desenho urbano tem inspiração nos princípios urbanísticos modernos, que refletem sobre as formas de acesso e apropriação de seus espaços comuns. Avalia-se a morfologia do campus em três momentos: em 1977, projeto de elaboração do arquiteto Alcyr Meira; em 2007; e em 2017, por meio de parâmetros de análise fundamentados nas dimensões de performance de Acesso e Controle formuladas por Lynch (1981) e pelos pressupostos de Foucault (1987), assim como a sintaxe espacial (Hillier e Hanson, 1984). Analisam-se acessos, manipulação espacial, isolamento e compartimentação. Os resultados demonstram as limitações do desenho urbano do projeto e as suas transformações na direção de maior apropriação social do campus.

Palavras-chave: Campus Universitário, morfologia urbana, desempenho morfológico, UFPa.

Linha de Investigação: 1:   Cidade e projeto

Tópico: Morfologia Urbana

 

ABSTRACT

The construction of the University City José da Silveira Netto, campus of the Federal University of Pará, was strategic for integrating the colleges that existed dispersed. Its urban design is inspired by modern urban principles, which reflect on the forms of access and appropriation of its common spaces. The campus morphology is evaluated in three moments: in 1977, a project by the architect Alcyr Meira; in 2007; and in 2017 by means of analysis parameters based on the dimensions of performance of Access and Control formulated by Lynch (1981) and by the assumptions of Foucault (1987), as well as spatial syntax (Hillier and Hanson, 1984). Accesses, spatial manipulation, isolation and compartmentalization are analyzed. The results demonstrate the limitations of the urban design of the project and its transformations in the direction of greater social appropriation of the campus.

Keywords: Campus University, Urban Morphology, Morphological Performance, UFPa

Research line: 1:   City and project

Topic: Urban Morphology




DOI: http://dx.doi.org/10.5821/siiu.9830