LEITURA TEÓRICA DE PROPOSTA PROJETUAL: Ensaio sobre a Colônia Witmarsum, Palmeira, Paraná, Brasil [THEORETICAL READING OF DESIGN PROPOSAL: Essay on the Witmarsum Colony, Palmeira, Paraná, Brazil]

Letícia Peret Antunes Hardt, Carlos Hardt, Marlos Hardt

Resumen


Perante o potencial distanciamento entre teoria e prática em projetos urbanos, o objetivo do trabalho consiste em associar postulados teóricos a soluções projetuais, adotando, como estudo de caso, a intervenção idealizada para a Colônia Witmarsum. Com abordagem qualitativa, natureza aplicada e enfoque experimental, o ensaio partiu da compreensão da problemática da gênese espacial. Esse diagnóstico contextual evidencia tanto a subtração pelo deslocamento incitado de Menonitas e a divisão de seus membros em vários países, quanto a multiplicação pela consolidação comunitária, a adição pelo trabalho conjunto e a igualdade pelo cooperativismo. A leitura do prognóstico propositivo identifica que a apropriação desses sinais matemáticos como linguagem de desenho valoriza a identidade cultural e aponta para a transformação do espaço em território, pelo domínio da coletividade, e deste último em lugar, pelo estímulo ao pertencimento, com acentuação do processo perceptual da paisagem.

Palavras-chave: identidade, territorialização, lugarização, percepção.

Linha de investigação: 1 – Cidade e projeto

Tópico: Projeto urbano e espaço público

 

ABSTRACT

In view of the potential distance between theory and practice in urban projects, the objective of the work is to associate theoretical postulates with design solutions, adopting, as case study, the intervention idealized for the Witmarsum Colony. With qualitative approach, applied nature and experimental focus, the essay started from the understanding of the problematic of spatial genesis. This contextual diagnosis evidences both the subtraction by the incited displacement of Mennonites and the division of its members into several countries, as well as the multiplication by the community consolidation, the addition by the joint work and the equality by the cooperativism. The reading of the propositional prognosis identifies that the appropriation of these mathematical signs as drawing language values cultural identity and points to the transformation of space into territory, by the domain of the collectivity, and from this last in place, by stimulating belonging, with emphasis of landscape's perceptual process.

Keywords: identification, territorialization, placemaking, perception.

Research line: 1 – City and project

Topic: Urban design and public space




DOI: http://dx.doi.org/10.5821/siiu.9857