ASPECTOS QUALITATIVOS DO DESENHO URBANO NA MOBILIDADE DO PEDESTRE As vias com corredores de ônibus em São Paulo [QUALITATIVE ASPECTS OF URBAN DESIGN IN PEDESTRIAN MOBILITY The roads with bus corridors in São Paulo]

Vinícius Luz de Lima

Resumen


O objetivo deste artigo é avaliar qualitativamente a mobilidade urbana dos pedestres em vias com corredores de ônibus em São Paulo. Avaliaram-se três vias, considerando a relação qualitativa entre os padrões urbanísticos e os deslocamentos a pé dos usuários do sistema de transporte público (passageiros do corredor do ônibus) e pedestres, moradores ou trabalhadores do entorno das vias. Foram avaliadas e comparadas as condições da mobilidade dos pedestres nos trechos da Av. Paes de Barros, Av. Francisco Matarazzo e da Av. Nove de Julho, adotando-se como parâmetros o conforto, a acessibilidade e a segurança dos espaços de circulação, constituídos pelas calçadas e travessias das vias em que estão implantados os corredores de ônibus. A análise e avaliação de cada trecho permitiram relacionar os padrões urbanísticos com os aspectos positivos ou negativos dos deslocamentos dos pedestres e identificar qualitativamente a melhor caminhabilidade nos trechos avaliados.

Palavras-chave: padrão urbano, caminhabilidade, corredor de ônibus, São Paulo.

Linha de Investigação: Cidade e Ambiente.

Tópico: Acessibilidade e Mobilidade Sustentável.

 

ABSTRACT

This article aims to qualitatively assess the urban mobility of pedestrians on roads with bus rapid transit corridors in São Paulo. Three roads were evaluated, considering the qualitative relationship between urban standards and the displacements of the public transit users (bus rapid transit corridors passengers) and pedestrians, residents or workers around the roads. Pedestrian mobility conditions were assessed and compared on the stretches of Paes de Barros Ave., Francisco Matarazzo Ave. and Nove de Julho Ave., using comfort, accessibility and security of circulation spaces as parameters by the sidewalks and crossings of the roads where the bus rapid transit corridors are located. The analysis and evaluation of each stretch made it possible to relate urban standards with positive or negative aspects of people's displacements on the roads and to qualitatively identify the best walkability among the three stretches assessed.

Keywords: urban standard, walkability, bus rapid transit corridors, São Paulo.

Thematic clusters: City and Environment.

Topic: Accessibility and Sustainable Mobility.



DOI: http://dx.doi.org/10.5821/siiu.9860