RUAS DE ESTAR: Projetos de Zona 30 em Belo Horizonte [LIVING-STREETS Reflections on the implementation processes of Zone 30 projects in Belo Horizonte]

E. Trevisan

Resumen


RESUMO

De abril a setembro de 2019, três Zonas 30 (áreas com tratamento urbano para redução de velocidade) foram implementadas em Belo Horizonte utilizando-se dos recursos do urbanismo tático, que propõe ações pontuais de pequena escala visando uma mudança de cultura a longo prazo. É importante destacar que o processo de discussão sobre a implementação de Zonas 30 na cidade iniciou-se em fevereiro de 2014 com o objetivo de trazer mais segurança nas ruas para quem utiliza a bicicleta como meio de transporte. Foram necessários quase 5 anos de discussões até que as primeiras intervenções pudessem ser implementadas. O objetivo desse artigo é entender esse processo em dois dos projetos e avaliar seus ganhos para a cidade.

 

Palavras-chave:Mobilidade urbana, Planejamento urbano, Espaço público

Linha de Investigação: 1. Cidade e projeto Tópico: Projeto urbano e espaço público.

 

ABSTRACT

From April to September 2019, three Zones 30 (areas with urban treatment for speed reduction) were implemented in Belo Horizonte using the resources of tactical urbaniswhich proposes small-scale specific actions aimed at a long-term culture change. It is important to highlight that the process of discussing the implementation of Zones 30 in the city began in February 2014 with the aim of bringing more safety on the streets for those who use the bicycle as a means of transport. It took almost 5 years of discussions before the first interventions could be implemented. The purpose of this article is to understand this process in two of the projects and to evaluate its gains for the city.

Keywords: Urban mobility, Urban planning, Public space.Thematic cluster: 1. City and project Topic: Urban design and public space.



DOI: http://dx.doi.org/10.5821/siiu.9921