A CIDADE NOTURNA Análise de condicionantes socioespaciais nas atividades noturnas em bairros residenciais do Recife. [The Night City Analysis of socio-spatial conditions of night activities in residential neighborhoods in Recife]

Ana Carolina Puttini Iannicelli, Circe Monteiro

Resumen


Este estudo enfoca um tema relegado nos estudos urbanos: a vida noturna nas cidades. O objetivo é compreender como novos hábitos da sociedade no espaço, principalmente da classe média, são moldados pela cultura local, sentimento de segurança e novos meios de comunicações. Paralelamente, observa-se também a influência das características morfológicas e da diversidade do uso do solo dos bairros. A premissa a ser demonstrada é que a vida noturna atual difere dos padrões de décadas anteriores, principalmente pela temporalidade e natureza das atividades desenvolvidas. Assim, desenvolveu-se um mapeamento de atividades presentes em dois bairros de classe média do Recife, visando identificar padrões de hábitos noturnos da população, assim como verificar o papel das redes sociais na disseminação de informações que favorecem as pessoas a sair de noite. Resultados mostram que existe condicionantes demográficos do uso do bairro e que o fator renda, idade e sexo apresentam significância nos resultados obtidos.

 

Palavras-chave: hábitos noturnos, vitalidade urbana, urbanidade, economia noturna.

Linha de Investigação: 3 - Dinâmicas Urbanas

Tópico: cidade pós-crise e dinâmicas sócio espaciais.

 

ABSTRACT

The study deals with the city's nightlife, focusing on social issues such as habits and culture, in addition to urban morphological characteristics and diversity of land use. The study, centered in two areas, seeks to understand new habits of society, shaped by local culture, feeling of security and new technologies. The hypothesis indicates that the current nightlife differs from the patterns of previous decades, mainly due to the temporality of the activities. The first focus is to understand the spatiality of activities, through a mapping, and the second is to identify new habits of the population, as well as the role of social networks in the dissemination of information that favor night activities. Results show the existence of a demographic pattern in the use of the neighborhood and, for the most part, the income, age and sex factor are significant in the results obtained.

 

Keywords: night activities, urban vitality, urbanity, night economy.

Research line: 3 - Urban Dynamics post-crisis city and socio-spatial dynamics.

Topic: post-crisis city and socio-spatial dynamics.




DOI: http://dx.doi.org/10.5821/siiu.9965