A cidade educa?

Alexandra Silva de Carvalho, Carolina Lima, Cássia Maria Baptista de Oliveira, Kátia Bernardo do Nascimento Silva

Resumen


Este artigo objetiva analisar a relação entre direitos sociais e violência (esclarecendo as tensões criadas em torno do tema da liberdade) intrínsecos à democracia, a qual vem produzindo uma sociedade de riqueza privada e pobreza pública fundada na tolerância que não assegura liberdades elementares na cidade, como possibilidade de reflexão sobre o contraste entre o utopismo do processo social e o utopismo da forma espacial, apresentado por David Harvey no livro Espaços de Esperança, a partir da seguinte questão: Como se pode construir um utopismo que integre processo social e forma espacial? Busca-se concretizar esta reflexão a partir da relação entre os espaços construídos na Via Light, em Nova Iguaçu, e o tempo de sua construção. A metodologia utilizada na pesquisa histórica é a análise dos projetos de construção dos espaços na Via Light, que identifica a ligação entre ação social e pensamento utópico, destacando-se os desafios aos direitos sociais provocados pelos desenvolvimentos geográficos desiguais



DOI: http://dx.doi.org/10.5821/ctv.7841

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.