Trabalhadores de rua: uso do solo e apropriação do espaço público no Centro de Salvador

Autores/as

  • Rose Laila de Jesus Bouças
  • Luiz Antonio de Souza

DOI:

https://doi.org/10.5821/ctv.7855

Resumen

As diversas necessidades criadas pelos diversos usos do solo podem ser reveladoras de antagonismos e disputas, o que também se evidencia no espaço público. A ideia principal é partir dessa perspectiva e analisar a forma pela qual os trabalhadores de rua utilizam o logradouro público para o desenvolvimento de sua atividade laboral na cidade de Salvador, tendo em vista que o espaço é um produto social, econômico e histórico. A pesquisa utiliza ainda como principal referencial teórico os circuitos da economia de Milton Santos para compreensão da dinâmica da atividade, sua espacialização e entendimento da articulação entre os atores envolvidos em tal prática (trabalhadores de rua, poder público e fornecedores). Por fim, considera-se que a atividade dos trabalhadores de rua está intimamente vinculada ao Centro de Salvador, pela própria estrutura no uso do solo que este possui, o que permite inferir na continuidade da mesma

Número

Sección

Artículos