A Via Light e a “Queda dos Muros” em Nova Iguaçu

Autores/as

  • José de Brito
  • Cristiane Assumpção Santos

DOI:

https://doi.org/10.5821/ctv.7860

Resumen

Este artigo analisa a possibilidade de investigar o meio ambiente urbano através de um passeio pela Via Light, na cidade de Nova Iguaçu, escolhida como elemento de referência e que funciona como rastro que enuncia a globalização. Este passeio pela cidade consiste em colher as imagens que ilustram os seus espaços de abandono, caridade, pobreza, crescimento urbano, investimentos públicos e outros para nos aproximarmos da reflexão acerca do utopismo dialético apresentado por David Harvey no livro Espaços de Esperança. A realização da construção da Via Light em Nova Iguaçu servirá como uma travessia, permitindo-nos investigar o objeto da pesquisa: processos de sociabilidade nos espaços construídos na Via Light para a convivência social, a fim de captar os desafios da contemporaneidade na materialização do utopismo.

Número

Sección

Artículos