Mapeamento de logradouros e gestão territorial em favelas no Rio de Janeiro

Autores/as

  • Leandro Gomes Souza

DOI:

https://doi.org/10.5821/ctv.7898

Resumen

O mapa de logradouros é base para o planejamento e execução de políticas públicas, oferecendo a informação de localização e referência para outras camadas de informações de fenômenos urbanos, essencial para elaboração de estratégias de intervenção no espaço. Nas favelas no Rio de Janeiro, inúmeros obstáculos, como o traçado irregular e estreito das vias e a alta densidade de ocupação, dificultam a utilização de tecnologias da georreferenciamento para aquisição de informações, resultando em carências em comparação com outras áreas da cidade. Com o objetivo de melhorar o mapeamento de logradouros para as favelas, tornando-o mais completo e preciso, o Instituto Pereira Passos (IPP) realizou um trabalho de consolidação de diferentes fontes de informação em um banco único georreferenciado em SIG. Foram utilizados mapas de eixos e vias do Censo Demográfico IBGE 2010 e acervos de restituições cartográficas disponíveis, além da identificação por meio de ortofotos. Essas bases foram posteriormente validadas no campo, promovendo a participação da população local. São apresentadas peculiaridades, dificuldades e soluções para a realização desse mapeamento desafiador, que possibilita melhor gestão de informação e políticas de integração das favelas com o restante da cidade.

Número

Sección

Artículos