PATRIMÔNIO DA MOBILIDADE NO BRASIL E O PROCESSO DE VALORIZAÇÃO DO TERRITÓRIO Ferrovias e as paisagens industriais da região oeste do Estado de São Paulo [HERITAGE OF MOBILITY IN BRAZIL AND THE PROCESS OF VALUING THE TERRITORY Railways and the industrial landscapes of the western portion of São Paulo State]

Taís Schiavon

Resumen


RESUMO

A porção Oeste do Estado de São Paulo vê sua expansão no decorrer do século XIX como parte das estratégias em busca de novas conexões territoriais, inicialmente promovidos pelo sistema ferroviário de transportes e gradativamente substituídas pelo modelo rodoviário. As linhas: Araraquarense, Noroeste, Paulista e Sorocabana, promoviam o transporte de pessoas, produtos e serviços desta região até então “desconhecida e selvagem” para as demais regiões, permitindo o desenrolar de melhoramentos agrícolas, complexos urbanos e atividades industriais ao vetor oeste. Leituras que hoje possibilitam a criação de uma rede de estudos urbanos estruturada a partir dos núcleos desenvolvidos pela ferrovia e os impactos decorrentes da transição para o modelo rodoviário de transportes intensificado a partir de 1960. Novos veios de interpretação aos dados históricos e sua aplicação nas diversas áreas das cidades do oeste paulista, que em menos de meio século foi capaz de descrever o patrimônio da mobilidade como um museu aberto.

Palavras-chave: ferrovias; patrimônio da mobilidade; patrimônio industrial; oeste do Estado de São Paulo.

Linha de Investigação: 2:  Cidade e Ambiente Tópico: Património e paisagem cultural

 

ABSTRACT

The western portion of the State of São Paulo sees its expansion in the course of the 19th century as part of the strategies in search of new territorial connections, initially promoted by the rail transport system and gradually replaced by the road model. The railway lines: Araraquarense, Noroeste, Paulista and Sorocabana, promoted the transport of people, products and services from this hitherto “unknown and wild” region to the other regions, allowing the development of agricultural improvements, urban complexes and industrial activities throughout west vector. Readings that today allow the creation of a network of urban studies structured from the nuclei developed by the railway and the impacts resulting from the transition to the road transport model intensified since 1960. New ways of interpreting historical data and its application in the different areas of the cities of western São Paulo, which in less than half a century was able to describe the heritage of mobility as an open museum.

 

Keywords: railways, heritage of mobility, industrial heritage, western portion of São Paulo State.

Thematic clusters: 2: City and Environment. Topic: Heritage and cultural landscape



DOI: http://dx.doi.org/10.5821/siiu.10002