DEPENDÊNCIAS E INSURGÊNCIAS As novas geografias de governança urbana em Porto Alegre – RS/Brasil [DEPENDENCIES AND INSURGENCIES The new urban governance geographies in Porto Alegre – RS/Brazil]

Clarice Misoczky de Oliveira, Laura Boeck Silva

Resumen


O campo dos estudos urbanos é atualmente confrontado por significativos desafios epistemológicos e metodológicos, uma vez que os paradigmas estabelecidos parecem cada vez mais limitados na sua capacidade de iluminar as mudanças urbanas contemporâneas. Diante deste novo cenário que se coloca, o objetivo deste artigo, portanto, é identificar as dependências e insurgências da sociedade civil organizada e/ou mobilizada e seu rebatimento no planeamento urbano. A estratégia de pesquisa se dá através de estudo de caso único a partir da cidade de Porto Alegre (RS), baseada na metodologia da Teoria da Produção Social (TPS), definida por Carlos Matus (2005). A partir de uma discussão conceitual acerca de Planeamento Dependente e Insurgente, explora a hipótese de que existe uma tendência à perda da centralidade do planeamento urbano tradicional.

Palavras-chave: planeamento insurgente; planeamento dependente; planeamento urbano; teoria da produção social,  

Linha de Investigação: 3.  Dinâmicas Urbanas.

Tópico: Urbanismo Insurgente e Coletivos Urbanos  

 

ABSTRACT

The field of urban studies is currently confronted by significant epistemological and methodological challenges, since the established paradigms seem increasingly limited in their ability to illuminate contemporary urban changes. Faced with this new scenario, the objective of this article, therefore, is to identify the dependencies and insurgencies of organized and/or mobilized civil society and their impact on urban planning. The research strategy takes place through a single case study from the city of Porto Alegre (RS), based on the Social Production Theory (SPT) methodology, defined by Carlos Matus (2005). Based on a conceptual discussion about Dependent and Insurgent Planning, it explores the hypothesis that there is a tendency to lose the centrality of traditional urban planning.

Keywords: insurgent planning; dependent planning; urban planning; social production theory.

Research line: 3. Urban Dynamics

Topic: Insurgent urbanism and urban collectives




DOI: http://dx.doi.org/10.5821/siiu.10208